Informações práticas

Informações práticas para sua viagem ao Quebec: alfândega, moeda, meteorologia

Álcool, bares e cassinos

Para poder entrar num bar ou cassino do Quebec, e para comprar ou consumir bebidas alcoólicas, você deve ter 18 anos ou mais de idade (você talvez tenha que mostrar um documento de identificação para provar sua idade). Os vinhos e os licores são vendidos nas sucursais da Société des alcools du Québec. Os armazéns vendem cervejas e oferecem também uma escolha limitada de vinhos.

Clima

A maioria das cidades do Quebec são caracterizadas por um clima continental úmido, com quatro estações bem marcadas e diferenças de temperatura consideráveis entre as estações. O verão é quente, enquanto que o inverno é caracterizado por grandes acumulações de neve. A vitalidade legendária dos quebequenses resulta dessas variações climáticas!

O Grande Norte quebequense é caracterizado pelos climas subártico e ártico. A terra ancestral dos Cris e Inuits é famosa por seus invernos muito longos e seus verões muito curtos.

Eis um resumo das temperaturas em cada estação (mínima e máxima):

Corrente elétrica

Como em todas as cidades da América do Norte, a corrente elétrica é de 110 volts (60 ciclos). Note que, como as tomadas elétricas na América do Norte não aceitam os plugues europeus, se for o caso, você precisa usar um adaptador.

Alfândega e imigração

Os visitantes do Brasil e de Portugal devem apresentar um passaporte válido. Além disso, os visitantes de alguns países devem obter um visto antes de sua viagem ao Quebec. Para maiores informações, consulte o site do Ministério Canadense da Cidadania e da Imigração ou informe-se junto à embaixada ou consulado do Canadá em seu país.

Os objetos e pertences que não estão sujeitos a restrições específicas estão isentos de impostos. Porém, o visitante deve declará-los aos funcionários alfandegários. Os visitantes de 18 anos ou mais podem importar 50 charutos, 200 cigarros e 200 g de tabaco, como também 1,14 litros de licor ou 1,5 litros de vinho ou ainda 24 latas ou garrafas de 355 ml de cerveja. Como a importação de produtos alimentares, plantas, animais de companhia e armas a fogo é regulamentada, recomendamos que você entre em contato com a Agência dos serviços Fronteiriços do Canadá antes de sua partida.

Horas de abertura

As lojas, centros comerciais e a maioria dos comércios geralmente funcionam sem interrupção das 10h00 às 18h00 da segunda à quarta-feira, das 10h00 às 21h00 nas quintas e sextas-feiras, das 10h00 às 17h00 aos sábados e das 12h00 às 17h00 aos domingos. Alguns estabelecimentos, como as farmácias e os armazéns, abrem mais cedo pela manhã e fecham mais tarde à noite. Alguns centros comerciais ficam abertos todas as noites da semana até 21h00. Os horários de funcionamento dos bancos são bem mais restritos.

Feriados civis e escolares

No Quebec, a maioria des empresas, repartições públicas, bancos e lojas estão fechados nos seguintes dias:

• Ano Novo (1o de janeiro)
• Sexta-feira Santa
• Segunda-feira de Páscoa
• Dia Nacional dos Patriotas (penúltima segunda-feira de maio)
• Dia Nacional do Quebec (24 de junho)
• Dia do Canadá (1o de julho)
• Festa do Trabalho (primeira segunda-feira de setembro)
• Ação de Graças (segunda segunda-feira de outubro)
• Natal (25 de dezembro)\

Vários sítios turísticos abrem durante os feriados. Porém, é preferível verificar antes de planejar uma visita.

Os estudantes têm uma semana de recesso no mês de novembro e outra no mês de março. Estas semanas podem variar de uma região a outra. Além disso, cerca de 25% dos trabalhadores quebequenses tiram férias nas duas últimas semanas do mês de julho. Como a movimentação de alguns sítios turísticos aumenta durante estes períodos, recomendamos que você considere estes elementos ao planejar suas férias!

Moeda, dinheiro e casas de câmbio

A moeda legal é o dólar canadense que está dividido em 100 centavos. Existem bilhetes de 5, 10, 20, 50 e 100 dólares como também moedas de 1, 5, 10, 25 centavos e de 1 e 2 dólares.

Os cartões de crédito mais conhecidos são aceitos em todos os lugares, em particular Visa, MasterCard e American Express. Os cheques de viagem são geralmente aceitos nos grandes hotéis, em alguns restaurantes e nas grandes lojas. É possível também trocá-los nas casas de câmbio ou bancos.

Existem muitas casas de câmbio nas principais cidades do Quebec. Os aeroportos também oferecem serviços de câmbio de moedas. Alguns estabelecimentos comerciais aceitam dólares americanos, mas a uma taxa menos competitiva que nas casas de câmbio.

Os bancos estão abertos geralmente das 10h00 às 15h00, da segunda à sexta-feira. A maioria dos guichês automáticos (das redes Cirrus, Système Plus ou Interac) funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana.

Saúde

Os viajantes estrangeiros devem pagar suas próprias despesas médicas. Por isso, é importante deter uma apólice de seguro antes de viajar.

Os viajantes que trazem consigo seus medicamentos têm a responsabilidade de se informar sobre as formalidades alfandegárias junto à Agência dos Serviços Fronteiriços do Canadá . Nas farmácias, os medicamentos são entregues unicamente contra a apresentação de uma prescrição de um médico membro do Colégio dos Médicos do Quebec. Em caso de urgência médica, telefone para 911 a partir de qualquer telefone.

Símbolos nacionais

A bandeira

A bandeira com a flor-de-lis foi içada pela primeira vez na sede do Parlamento em Quebec em 1948. As flores-de-lis nos lembram os lírios dos reis da França, por volta do ano 1.000. O fundo azul real lembra a cor do brasão dos soberanos que reinaram durante a presença francesa na América.

Os brasões e a divisa

O escudo contém três flores-de-lis douradas sobre um fundo azul, lembrança do regime francês, um leopardo dourado sobre um fundo vermelho, símbolo do regime britânico, e um ramo de folhas (tripla folha) de bordo que representa o período canadense. Abaixo do escudo aparece uma moldura com a inscrição Je me souviens (Eu me lembro). Estes palavras foram utilizadas pela primeira vez em 1883 na fachada do Hotel do Parlamento. Inscritas acima da porta principal, elas resumem as intenções do arquiteto na decoração da fachada, criada como lembrete da história do Quebec. Esta divisa se tornou oficial em 9 de dezembro de 1939 quando o governo do Quebec adotou os brasões atuais.

A flor símbolo

O íris versicolor (iris versicolor lineano) é a flor símbolo do Quebec desde 28 de outubro de 1999 e substituiu o lírio branco (lilium candidum). O lis heráldico que continua a decorar a bandeira do Quebec foi muito tempo associado ao emblema floral do Quebec.

A ave símbolo

A coruja-das-neves (Bubo scandiacus) é a ave símbolo do Quebec desde 1987. Este pássaro simboliza o branco dos invernos quebequenses, o enraizamento num clima semi-nórdico e a extensão da espécie no vasto território do Quebec, como também a proteção do meio ambiente e a conservação da natureza.

A árvore símbolo

A bétula amarela (Betula Alleghianensis Britton) é a árvore símbolo do Quebec desde 1993. Além de ser uma das madeiras nobres mais conhecidas no Quebec, ela se distingue por sua variedade de usos e por seu valor comercial. Os quebequenses aprenderam a fazer móveis dessa madeira e, quando chega o outono, todos admiram as cores de sua folhagem.

Impostos, serviço e gorjetas

Dois impostos, o imposto federal sobre produtos e serviços (TPS) e o imposto sobre a venda do Quebec (TVQ), são adicionados ao preço de venda da maioria dos produtos e serviços. Além disso, várias regiões turísticas cobram um imposto específico sobre a hospedagem, que é de $2 ou $3 por noite ou 3% do preço do quarto por noite, antes do cálculo dos impostos TPS e TVQ.

Nos restaurantes, bares, táxis e nos salões de cabeleireiro, o cliente deve deixar uma gorjeta, não incluída na conta, geralmente representando de 10% a 15% do montante da fatura (antes dos impostos). Geralmente, os quebequenses acrescentam o valor dos dois impostos - TPS e TVQ - de sua fatura de restaurante, o que dá uma gorjeta de cerca de 13%. As gorjetas ao criado ou bagageiro ficam à discrição do cliente (em geral, $1 por peça de bagagem transportada).

Chamadas telefônicas e serviços postais

Uma chamada local feita a partir de um telefone público custa $0,50. É possível pagar com moedas ou com um cartão pré-pago (as chamadas com pagamento em cartão de crédito são mais caras). No caso de chamadas interurbanas, os cartões telefônicos pré-pagos são geralmente a escolha mais econômica.

O funcionamento de um telefone portátil em outros países depende da tecnologia utilizada e do tipo de contrato que você tem com seu prestador.

Os visitantes que queiram passar várias semanas no Quebec, sem endereço fixo, podem usar o serviço de posta restante. Para receber sua correspondência, você deve passar na agência de correios principal da cidade indicada no endereço do envio.

Tanto Montreal quanto Quebec oferecem serviços de posta restante.

Para maiores informações, consulte o site dos Correios do Canadá .